TAÇA DE PORTUGAL – ALENQUER ELIMINA JUVENTUDE DE VIANA

26 04 2008

UM GRANDE ESPECTÁCULO DE HÓQUEI EM PATINS FOI O BRINDE AO PÚBLICO NA VITÓRIA DO SPORT ALENQUER E BENFICA, POR 7-3 SOBRE A J. VIANA.

Sem dúvida nenhuma que para alem da surpresa da vitória do Alenquer sobre o super favorito J. Viana, foi a forma como essa vitória foi construída. A equipa da casa entrou no jogo com um ritmo alucinante, criando várias situações de golo, desbaratando por completo a equipa Minhota e por isso não surpreendeu que o Alenquer inaugurasse o marcador, pois as oportunidades eram umas atrás das outras, chegou mesmo ao 4-0, com golos de Tiago Roquete, Miguel Dantas(2) e Daniel Guedelha perante a impotência da equipa de Viana do Castelo. Nesta altura a juventude Viana reagiu e reduziu para 4-1, resultado com que se chegou ao intervalo. Na 2ª parte os minhotos ainda fizeram o 2º golo, mas aí o Alenquer voltou a pegar no jogo e voltou a dar uma ideia de força e de querer, construindo a partir daí um resultado que estava longe de passar pela cabeça da maioria das pessoas, chegando a 6-2, o viana ainda reduziu para 6-3, mas Bruno Monteiro autor dos 3 golos alenquerenses na 2ª parte, voltou a marcar fazendo o resultado final de 7-3.

Destaque para a grande exibição e para o belo espectáculo de hóquei proporcionado pelas duas equipas, em especial o Alenquer, onde toda a equipa desde o seu guarda redes a todos os restantes jogadores estiveram muito seguros, destacando-se ainda a utilização do jovem juvenil alenquerense André Garção.

Na Juventude Viana, o facto de não ter jogado o Didi e o luis Filipe, jamais pode servir de desculpa, pois o plantel deste clube é riquíssimo em jogadores de grande qualidade, como são Ricardo Silva, Paulo Almeida, Tiago Barbosa(sapo), João Banza, Gonçalo Suissas e Pedro Neto, já que Rodrigo Sousa hoje em dia quase nem joga, portanto uma equipa muito superior à grande maioria das equipas do hóquei português e mundial, mas que foi derrotada em Alenquer por uma equipa que lhes foi superior em todos os aspectos do jogo.

Sobre a arbitragem, o mesmo de sempre, critérios diferentes para lances iguais, uso excessivo dos cartões em situações que não o justificavam, até porque o jogo foi muito correcto e disputado lealmente pelos jogadores em campo. Mais esclarecido o lisboeta Paulo Baião e por isso mais seguro, logo exibição positiva, já o madeirense Jorge Lucas, está muito longe dos padrões de exigência para um arbitro de 1ª divisão, decisões completamente fora do contexto, técnica e disciplinarmente muito mal, tentando depois impor-se através da arrogância e ameaças aos atletas, atitudes que o hóquei em patins dispensa e devia banir. Não há necessidade de árbitros desta qualidade tão duvidosa.

Entretanto hoje são realizados os restantes jogos referentes aos 1/8 de final, com destaque para a visita do Benfica a Porto Santo, o Porto a Valongo e a Oliveirense a Cascais, o Barcelos recebe a Académica de Espinho e o H Cambra desloca-se a Tomar, jogos de grande interesse onde pode haver Taça pela surpresa que possa haver nalgum destes pavilhões.

Taça Portugal Masculinos 1/8 FINAL

  • 18:00 Cascais 2 »« 3 Oliveirense (golo de ouro)
  • 18:30 Valongo 2 »« 3 Porto
  • 18:00 Tomar 4 »« 3 Cambra (grandes penalidades)
  • 18:30 Feira 1 »« 4 Braga
  • 21:00 Oquei Barcelos 5 »« 4 Espinho
  • 21:00 Portosantense 0 »« 1 Benfica
  • 18:00 Sagres 4 »« 3 Física

  • JOGOS PARA OS 1/4 DE FINAL A DISPUTAR DIA 3 DE MAIO

OC Barcelos

UD Oliveirense

SC Tomar S Alenquer e Benfica
HC Braga SL Benfica
C Infante Sagres FC Porto

Ações

Information




%d bloggers like this: