CAMPEONATOS NACIONAIS – 2ª DIVISÃO E FEMININO

21 04 2008

FAVORITOS SÃO CADA VEZ MAIS FAVORITOS – NÃO HOUVE SURPRESAS

No campeonato nacional da 2ª divisão e começando pela zona norte, destaca-se a goleada da Nortecoope por expressivos 1-9 em S. João da Madeira, Norteccope que beneficiou da derrota do Carvalhos em Turquel por 5-2 e do Feira em casa perante o Lavra por 3-4 e com isso está não só mais tranquilo no 2º lugar como ainda se aproximou do Carvalhos estando agora só a 2 pontos, quando faltam 2 jornadas para o final do campeonato. Destaca-se pela negativa o Sporting de Tomar que junto com o feira continuam a cair na classificação, juntando-se ao grupo do Turquel e Riba d’Ave.

Na zona Sul a Física de torres Vedras continua em 1º embora com um jogo a mais e com pior calendário do que o Oeiras que é segundo, Oeiras que neste fim de semana venceu categoricamente em Torres Vedras esta mesma Física por 2-5, cimentando assim o 2º lugar e podendo ainda aspirar ao 1º caso vença os 3 jogos que lhe faltam e ficando á espera de um deslize da Física em Sintra. De qualquer forma estas duas equipas serão sempre 1ª e 2ª classificadas, resta saber a ordem, pois Cascais e Sintra embora matematicamente possam aspirar ao 2º lugar, dado o calendário não nos parece que seja possível tal façanha.

No Campeonato Nacional Feminino a Fundação Nortecoope deu mais um passo decisivo não só em relação ao título, mas também uma demonstração de colectivismo como à muito não se vê por aquelas paragens, pois ganhar por 13-1 a uma equipa tão defensiva como é o Carvalhos é fruto disso mesmo, um grande trabalho do colectivo, diga-se de passagem que o facto de atletas como Bruna Honório e Vânia Ribeiro estarem a fazer uma época verdadeiramente fantástica, juntando assim o seu valor á grande capacidade de sacrifício e de luta, bem como à grande goleadora deste campeonato que é a “canibal” Cláudia Rêgo, actual capitã da Selecção Nacional, assim como à segurança defensiva e promotoras do equilíbrio desta equipa, que são Raquel Azevedo e Paula Castro e a verdadeira “parede” Sandra Fernandes. Portanto é absolutamente legítimo afirmar que a fundação ainda não tem rival em Portugal e que pela forma como estas atletas estão a jogar pode-se esperar uma grande prova na 2ª Taça Europeia Feminina, que se vai disputar em território nacional, mais propriamente no Luso e na Mealhada (MAIS UMA INICIATIVA EM PROL DO HÓQUEI POR PARTE DA MEALHADA E SUA AUTARQUIA). Nos restantes jogos, vitória normal do HC Mealhada no pavilhão do Alcobacense por 0-3, mas com uma exibição muito pobre por parte das duas equipas, onde apesar de tudo se destacaram a GR Ana Santos e Sofia Vicente do Alcobacense, esta jovem atleta poderia mesmo ter marcado no inicio da partida, ao construir 3 ocasiões de golo flagrantes em jogadas individuais e Neuza Pebre do Mealhada, autora dos 3 golos da sua equipa. Na Maia o CD Nortecoope regressou às vitórias vencendo o CD Boliqueime por 2-1, enquanto que em Nafarros as locais venceram no verdadeiro derby que são os jogos com os Lobinhos, por 2-1, resultados nos dois jogos que espelham bem o equilibrio entre estas equipas. Destacamos ainda em termos de hóquei feminino a 1ª vitória em competições de seniores, por parte daquela que é uma esperança no hóquei feminino, a jovem equipa do Sanjoanense, que venceu o Vila Boa do Bispo por 2-1, a jogar o Inter regional organizado pela Associação do Porto. Ainda nessa competição destacam-se as vitórias da Arazede por 4-1 sobre o líder Alfena e a goleada alcançada pelo Académico da Feira sobre o Fânzeres por 13-2.


Ações

Information




%d bloggers like this: